Cada macaco com seu filhote
Cada macaco com seu filhote - Cristina Santos

O nascimento de um filhote em um grupo de macacos causa muita curiosidade. Tal qual ocorre com os bebês humanos, todos querem chegar perto, observar e tocar o recém-chegado. Vivendo no alto das árvores, as onze espécies de primatas apresentadas neste livro nos revela as diversas maneiras como os adultos cuidam dos filhotes e a importância desse cuidado na proteção e no desenvolvimento infantil.

Ilustrações: Ane Mitri
Cortez Editora
40 páginas
PNLD 2010 obras complementares do PNBE-MEC
Compõe a caixa de livros do Instituto Airton Sena

O que dizem os animais
O que dizem os Animais - Cristina Santos

Os animais são capazes de transmitir mensagens uns aos outros de várias maneiras: exibindo alguma parte mais colorida do corpo, emitido cantos e sons ou liberando algum tipo de odor. Atraindo a atenção dos demais indivíduos de sua espécie eles trocam informações importantes para a sua sobrevivência. Ao revelar as diversas formas de comunicação, este livro busca alimentar a curiosidade da criança na observação do comportamento dos animais em seu ambiente natural.

Ilustrações: Anelise Zimmermann
Cortez Editora
40 páginas
Selecionado pela Editora Moderna como fonte de leitura para o ensino de Ciências no 3º ano
Compõe a caixa de livros do Instituto Airton Sena

A vida secreta das formigas
A vida secreta das formigas - Cristina Santos

A sobrevivência das formigas depende da cooperação. Quando o alimento encontrado, o achado é comunicado e compartilhado entre as companheiras de ninho. Neste livro você vai conhecer formigas que vivem no Cerrado, na Caatinga, na Mata Atlântica e na Amazônia e ver como elas constroem seus ninhos e interagem com as plantas desses biomas. E ao final descobrir porque as formigas são consideradas as maiores plantadoras de florestas do planeta!

Coleção Vivendo em grupo
Ilustrações: Leandro Lopes
Cortez Editora
24 páginas
FDE (Fundação para o Desenvolvimento da Educação), Governo do Estado de São Paulo, 2011
Compõe a caixa de livros do Instituto Airton Sena

Um por todos, todos por um: a vida em grupo dos mamíferos
Um por todos, todos por um - Cristina Santos

Os animais que vivem em grupo são chamados de animais sociais. Você sabe quais são as vantagens da vida em grupo? Uma delas é a de se beneficiar da presença uns dos outros para vigiar e avisar da aproximação do predador. Juntos, os animais sociais defendem o território, e nele vão encontrar o alimento e os locais que sirvam de abrigo e descanso. Aprender uns com os outros, também é importante! Enquanto crescem, os mais jovens desenvolvem as habilidades necessárias para a vida adulta. Este livro apresenta alguns dos mamíferos que vivem na Mata Atlântica, Pantanal, Caatinga e Amazônia e muitos de seus comportamentos sociais.

Coleção Vivendo em grupo
Ilustrações: Leandro Lopes

Cortez Editora
24 páginas
PNLD 2013 obras complementares do PNBE-MEC

A união faz a força: a vida das abelhas sociais
A união faz a força - Cristina Santos

Logo após nascerem, as abelhas sociais começam a realizar diferentes tarefas dentro do ninho. Com poucos dias de vida já se aventuram para fora da colmeia em busca de flores para coletar o néctar e o pólen. No ninho, danças e odores orientam-nas na realização das mais diversas tarefas. Do lado de fora, elas enfrentam seus maiores desafios: a chuva, o vento, o frio e até abelhas maiores. Vamos conhecer como vivem algumas das abelhas nativas do Brasil e descobrir como contribuem para a manutenção da diversidade das plantas nas dunas, restingas e florestas.

Coleção Vivendo em grupo
Ilustrações: Leandro Lopes

Cortez Editora
24 páginas

Abecedário da natureza brasileira
Abecedário da Natureza Brasileira - Cristina Santos

O Brasil é o país que reúne a maior biodiversidade do planeta. Somos campeões em número de espécies de primatas, mamíferos, peixes de água doce e insetos. Estamos entre os países com maior diversidade de espécies de aves, anfíbios e répteis. Uma amostra da biodiversidade brasileira é apresentada neste livro. Para cada letra do alfabeto é revelado um animal, planta ou ambiente. As lendas indígenas também nos contam a origem de seus nomes e de como surgiram na natureza. Mais desafiador que mostrar esse tesouro de vida que nos pertence é reconhecer que é necessário conhecê-lo para que possamos criar um elo de interesse, respeito e proteção.

Ilustrações: Freekje Veld
Cortez Editora
60 páginas
Altamente Recomendável – FNLIJ Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil

Eu produzo menos lixo!
Eu produzo menos lixo - Cristina Santos

Muitas das coisas que compramos fazem parte de um mesmo ciclo: para a sua fabricação, retira-se a matéria-prima da natureza, que será transformada em algum tipo de produto. Depois de certo tempo, o que foi comprado se torna ultrapassado, fora de moda ou para de funcionar. Então, jogamos fora aquilo, que, um dia nos foi útil. A partir das nossas necessidades de consumo, a cada dia produzimos algum tipo de lixo. Mas será que podemos dar novo uso ao que seria descartado? É possível diminuir o nosso ritmo de consumo? Além de oferecer respostas a essas perguntas, esse livro traz uma reflexão da relação entre as nossas práticas de consumo e a retirada dos recursos naturais de nosso planeta.

Ilustrações: Freekje Veld
Cortez Editora
40 páginas
Secretaria de Educação de Macapá

Florianópolis a capital em uma ilha
Florianópolis a capital em uma ilha - Cristina Santos

Rodeada por praias e repleta de natureza, Florianópolis é considerada uma das mais belas capitais do Brasil. Nesse livro, a história começa mostrando como era a vida dos primeiros habitantes pré-coloniais. Logo após o descobrimento do Brasil, a Ilha de Santa Catarina foi um importante ponto de parada e abastecimento dos navios que atravessavam os mares do sul. O primeiro povoamento realizado pelos colonizadores surgiu onde atualmente está a Praça XV de Novembro. Com um tímido crescimento populacional, Portugal corria sérios riscos de perder para a Espanha esse estratégico território, importante para os navegadores. Então, centenas de famílias do arquipélago de Açores foram trazidas, dando-se início as primeiras freguesias. Mas foi por meio da construção de uma ponte que a cidade adquiriu grande impulso para seu crescimento e para o turismo brasileiro.

Coleção Nossa Capital
Ilustrações: Alexandre Viana
Cortez Editora
24 páginas

A Mata Atlântica na Ilha de Santa Catarina
A Mata Atlântica na Ilha de Santa Catarina - Cristina Santos

Este guia apresenta os ecossistemas do bioma Mata Atlântica – duna, restinga, manguezal e florestas – e oferece uma amostra da fauna e flora presentes na Ilha de Santa Catarina.  São apresentadas 55 espécies de animais (aves, mamíferos e répteis) e 36 espécies de plantas (árvores, orquídeas e bromélias), são descritas as suas características, os lugares onde ocorre, o comportamento dos animais, as interações entre plantas e animais, dentre outras informações.  As 284 fotografias ilustram as espécies descritas, além de outras que podem ser facilmente observadas pelos olhares mais atentos. A linguagem dos textos é de fácil compreensão, sendo o livro indicado a leitores de todas as idades, estimulando-os à observação do mundo natural.

Coautoria: Maria Victoria Bisheimer e Victor Carlson
Fotografias: Victor Carlson
Lagoa Editora
272 páginas

Mata Atlântica, o bioma onde eu moro
Mata Atlântica o bioma onde eu moro - Cristina Santos

O bioma Mata Atlântica abrange dezessete estados brasileiros. Ao longo da história do Brasil, as áreas com florestas e outros ecossistemas sofreram contínuos processos de ocupação e desflorestamentos. Hoje restam no país apenas 8% do que um dia foi uma exuberante floresta, mas que ainda mantém rica e quase única biodiversidade. Neste livro você vai conhecer a paisagem de seis ecossistemas que ocorrem em Santa Catarina, um estado que está totalmente inserido na área de distribuição do bioma Mata Atlântica, além de trinta e seis animais, incluindo répteis, aves e mamíferos.  E vai entender porque a manutenção de uma floresta é tão necessária para todos os seres vivos, incluindo os seres humanos.

Coautoria: Emilio Takase
Ilustrações: Ana Beatriz Bahia
Lagoa Editora
80 páginas
Financiamento: FAPESC
Disponível em formato PDF: clique aqui

Guardiãs da natureza, como as Reservas Particulares do Patrimônio Natural protegem os rios e a biodiversidade
Guardiãs da natureza, como as Reservas Particulares do Patrimônio Natural protegem os rios e a biodiversidade - Cristina Santos

O principal motivo que leva uma pessoa a criar uma RPPN é o interesse em conservar para a perpetuidade os ambientes naturais existentes em sua propriedade, ajudando a manter protegida a biodiversidade da região. As RPPNs são muito importantes porque contribuem para a ampliação das áreas protegidas no País. Neste livro guia, indicado na educação ambiental, são apresentados temas que relacionam a importância das florestas para a manutenção dos rios e nascentes, o bioma mata atlântica, as interações entre os seres vivos, os serviços ecológicos prestados pela natureza, dentre outros assuntos. Ao final você vai entender porque as RPPNs são as guardiãs da natureza que deram certo!

Texto e produção de conteúdo: Cristina Santos
Realização RPPN Catarinense (Associação dos proprietários de Reservas Particulares do Patrimônio Natural de Santa Catarina)
Lagoa Editora
40 páginas
Financiamento: Fundo Socioambiental Casa e Fundo Socioambiental Caixa
Disponível em formato PDF: clique aqui

back to top